Os três princípios fundamentais que regem o direito de marcas são: Territorialidade, Especialidade e Sistema atributivo. Territorialidade: O artigo 129 da LPI determina o princípio da proteção territorial quando prescreve: “a propriedade da marca adquire-se pelo registro validamente expedido, conforme as disposições desta lei, sendo assegurado ao titular seu uso exclusivo em todo o território nacional (…)”. A proteção conferida pelo Estado não excede os limites territoriais do país, e somente neste espaço físico é identificado o direito de exclusividade…